Sunday, September 13, 2009

Um segundo no tempo

Por um segundo o tempo parou. Por um segundo, olho a minha volta e agradeço pelas coisas bonitas do meu dia. Agradeço pelo ônibus que chegou na hora, pelos meus pés que me sustentam e me levam onde quero chegar, pelos atos aleatórios de bondade de estranhos para comigo, pelas gentilezas e companhia dos meus amigos, pelos laços eternos e pelo apoio incondicional da minha família.
Agradeço pelas flores pelo caminho, pelos lindos olhos que vejo durante meu dia e pela luz nos meus. Agradeço uma gargalhada que há um tempo não dava e por tudo aquilo que me faz forte e paciente. Agradeço a suavidade da vida, valorizo os segundos em que mágica acontece para que eu me lembre que sou protagonista desta história e que ela merece um final feliz.
Só por hoje, neste momento de silêncio e consciência alerta percebo que saber pedir é tão importante quanto receber um pedido e que sorte mesmo é ter tempo para viver a vida ao invés de ouvir falar dela.
Neste instante de silêncio entendo que a presença do divino é calma e simples e que esta conexão está em qualquer lugar. Entendo também que agradecer faz bem ao coração e lembra que o tempo é curto demais para se gastar com qualquer outro sentimento que não seja forte, puro e constante como o amor.
Neste instante, vale à pena render tributo à vida pela sua magnitude e perfeição, vale entregar-se por completo porque quando amanhecer, o tempo já terá passado e as graças estrão prontas para acontecer.

2 comments:

Thaís said...

Agradeço por ter você em minha vida!! Love ya!!

Cami Fiamoncini said...

Ahá, adoro ler e escrever sobre a louca vida de ser mulher. Vou passar mais por aqui.
Senti falta dos teus comentários no meu blog!

beijos